Seguidores

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

capitulo 5- parte 2- lembranças

     " Era um lindo dia de domingo eu andava no Negro,cavalo eu acabara de ganhar do patrão do meu pai, ele gostava muito de mim e como sabia que eu gostava de cavalos me deu Negro pelo qual eu era apaixonado. Eu andava pelos lindos campos da parte de traz da fazenda quando avistei uma linda moça. No momento que eu a vi senti algo que nunca senti antes.
     Ela andava em uma égua muito bonita que no momento em que viu Negro pareceu se hipnotizar e de repente começou a pular com a garota em cima.Esta caiu e não sei porque me desesperei com isso e a única que fiz foi descer do cavalo e correr até ela saber se estava tudo bem...
-Você está bem moça?- perguntei observando-a, como era linda ela era alta, loira, tinha um rosto encantador parecia um anjo.De repente ela começa a abrir os olhos, que olhos lindos eram azuis como o céu sem nenhuma nuvem.Ela parecia confusa
-hum...O que aconteceu?...Quem é você?...-perguntou ela sentando
-Parece que sua égua apixonou-se pelo meu cavalo!Ficou alegre demais e começou a pular..aí você acabou caindo- eu falei rindo um pouco
-Hum... é tipico de Esmeralda fazer isso- ela respondeu rindo , que sorrindo encantador, depois de falar isso ela se levantou
- Então...Onde você mora?-perguntei anciando saber mais sobre aquela jovem
-Eu moro nessa fazenda ao lado, meu pai sai todas as tardes então eu aproveito para vir andar a cavalo
-hum...tambem adoro andar a cavalo
-É...foi bom falar com você.Muito obrigado por me ajudar! Mas eu tenho que ir agora!- ela disse isso subindo em Esmeralda!
-Tchau!- eu disse vendo ela partir
     Depois eu fui para casa e recebi a noticia que eu mais almejava e que menos esperava que se realizasse..."
-Que noticia era essa seu Carlos?- interrompe Vanessa
" Eu iria participar do Derby- prossegue Carlos-Derby era uma corrida de cavalos que acontecia todos os anos, meu sonho desde pequeno era participar desta corrida, e o patrão do meu pai sabendo disso me inscreveu
   Nos dias seguintes eu trinava e todos os finais da tarde eu ia onde eu encontrara aquela jovem pela primeira vez, ela sempre estava lá...foi em um desses dias que ela me contou o seu sonho...participar do Derby.Entretanto ela não podia participar pois, seu pai não deixava dizia que era coisa de homem participar de corrida de cavalo.Por outro lado ela poderia pagar um professor para treina-la só que quem comandava o dinheiro da casa era seu pai logo ele descobriria e por esse motivo ela nunca poderia participar
   Eu falei para ela que eu iria participar e ela me implorou para ajudá-la a participar, como eu poderia recusar um pedido dessa jovem,então nós começamos a treinar às escondidas, ela aprendia muito fácil, já estava preparada para a corrida, nesse periodo nos aproximamos mais e eu ja sabia que estava apaixonado por aquela jovem mas tinha medo de falar para ela, medo dela me rejeitar por não ter pertencer a mesma classe economica dela...
  Dias se passaram e finalmente chegou o grande dia...eu não aguentava mais de nervosismo, nós combinamos de nos encontrar atrás da fazenda antes de irmos para a corrida e assim fizemos chegando lá eu resolvi falar a ela o que eu sentia pois meu peito não aguentava mais de tanto amor que eu sentia por aquela mulher...
-Eu te amo Peróla, desde a primeira vez que te vi. Você passou a fazer parte da minha vida ou melhor você passou a ser minha vida, eu sei que você é rica e talvez só me veja como um empre....- nesse momento fui surpreendido por um beijo, beijo apaixonado que transmitia todo o amor que sentiamos um pelo outro! Foi nesse momento que percebi que entre nós dois não existioa diferenças existia apenas amor!"
-Que lindo seu Carlos!- diz Vanessa emocionado ao ver uma historia de amor assim
-Pois é princesinha foi amor à primeira vista, então voltando à aquele dia...
" Depois daquele beijo ficamos a nos olhar sem nada dizer um ao outro! Depois ela resolveu quebrar o silencio e disse o que eu mais sonhava que ela disesse:
-Eu te Amo!- e depois nos beijamos novamente, depois ela ficou um pouco pensativa e triste e eu não entendia o porque disse
-Por que você está sim meu amor, tristinha? - eu perguntei
-Não é nada! É´só... que- ela me olhou com ternura e passou as mãos nos meu cabelos- parece tudo tão bom, bom demais para ser verdade, eu tenho medo que isso tudo se acabe!
-Não se preoculpe meu amor! Nosso amor nunca vai acabar!-eu disse acariciando o rosto dela
-Promete? Promete que nunca vai esqueçer de mim? Que nunca vai deixar os cavalos? Que nunca vai desistir dos seus sonhos? Promete?- perguntou ela
-Meu anjo para com isso! Eu nunca vou esqueçer você ou os nossos queridos cavalos
-Você não me respondeu! Promete?
-Prometo!- respondi e dei um selinho nela
-Vamos daqui a pouco começa! amor...Eu te amo! -disse ela me beijando, aquele beijo me soou estranho, parecia... que era uma despedida..."
-Calma seu Carlos! Não chora! O que aconteceeu depois? - diz Vanessa acariciando os brancos cabelos de seu Carlos
-Então..- prossegue seu Carlos engolindo o choro-...
" Depois disso fomos para a competição chegando lá.. eu fui me preparar... eu iria participar da 1ª bateria e ela da 2ª... Eu e Negro nos preparamos e quendo deram a largada Negro desparou feito um cometa, e com isso fomos campeões... Depois foi a vez dela.. Ela estava linda em cima de Esmeralda ela sorriu para mim, e nesse momento senti um aperto tão grande no meu peito que eu não sabia explicar.. então ela se virou e foi..
No começo ela estava indo entre os ultimos, mas depois Esmeralda começou a ultrapassar os outros cavalos e ela já estava em segundo... quando faltava alguns metros para o termino da corrida Esmeralda tropeçou e..."
-O que aconteçeu seu Carlos?- pergunta Vanessa apreensiva ele estava chorando
-minha amada caiu fraturou a coluna coluna vertical e outros membros, foi para o hospital em côma, o pai dela pagou os melhores médicos para ela, mas infeslimente ela não resistiu e eu perdi o meu amor para sempre!- diz ele chorando muito! Vanessa não sabia o que fazia pois ela tambem chorava!
-Acalme-se! não chore! por favor!- pediu Vanessa consolando aquele senhor que considerava como avô
-Vanessa você não entende...
-Não entendo o quê?- pergunta Vanessa sem entender
-Eu.. fui culpado..Se eu não tivesse ajudado ela a treinar ela não teria morrido....- diz ele
-Claro que o sr. não foi culpado aconteceu porque tinha que acontecer! porque Deus quis que assim fosse feito! Ninguem tem culpa quando o destino apronta! Agora levante daí!Sorri porque a vida bela! Eu sei que não podemos esqueçer o que passou! Lembre-se que você prometeu a ela que você nunca desistiria do seus sonhos! Vamos!- diz Vanessa tentando alegrá-lo
-Ok! Você venceu! Minha netinha adotada- diz ele abraçando Vanessa e sorrindo
    Eles vão até o carro de Vanessa e eles seguem para um lugar que seu Carlos não sabia qual era!
-Para onde você está me levando mocinha?- pergunta Carlos
-Surpresa..VÔVÔ- diz ela rindo
....

*********************************************************************************
-LaiiiOliveira- prontinho postei espero que vc goste obrigado por comentar
-Sania Larissa- miga ela ficou sem treinador mas águas virão, talvez o treinador dela está bem proximo dela...bjos bigada por comentar
-Sabrina- miguinha realmente essa historia teve muitas emoçoes! e não se preoculpe... alegrias virão, bjos

Comentem por favor beijos
Tô triste :( Acho que vocês não gostam da minha historia se tiver pessima me falem por favor que eu suspendo o blog! Sejam seinceras beijos de brigadeiro

4 comentários:

  1. Nuss!
    Que story triste do seu Carlos!
    Tomara que a vane consiga animar ele!
    O cap ficou lindo!
    Posta logo
    Bjos amorê

    ResponderExcluir
  2. coitado do seu carlos tadinho!
    Posta logo!

    ResponderExcluir
  3. nossa o seu Carlos sofreu muito com a perda do seu grande amor!!!!!!!!!!!!
    espero q a van consiga um treinador logo !! van + zac = S2 S2 S2!!!!!!!!
    posta logo!!!!!!!
    bjs

    ResponderExcluir